Monday, September 25, 2006

Ai ai ai ai!!! 2 meses

Hj tive um serio problema com a escola... sem detalhes, mas fiquei p. da vida... a agencia no Brasil falou uma coisa, os caras da escola outra e eu pior que joao bobo, sem saber o que fazer...
Vantagem? foi ver o como meu ingles melhorou!! eu fui calma, paciente, consegui ser ironica, mostrar indignacao e ainda por cima na maior naturalidade, quando eu me dei conta que percebi - uau to realmente tendo uma discussao, conversa, uma decisao importante em ingles !!
- Bom pelo menos pra alguma coisa tinha que prestar essa escola de merda... Ai!
O que realmente ta acontecendo??
Cheguei aqui em Vancouver dia 31 de agosto, com meus sonhos na mao, minha vida no Brasil para tras, algumas lembrancas no coracao, e um leque de esperancas para o futuro que me esperava...Logo de cara odiei a mulher da imigracao que so faltou perguntar a cor da minha calcinha. Perguntou coisas bizarras do tipo - por que vc escolheu o Canada e nao os Estados Unidos, por que vc quer fazer ingles ?( o queeeee por que eu quero fazer ingles?? essa pergunta deveria ser feita para quem quer fazer russo ne??Nao ingles... pelo amor de Deus!) depois vi um motorista de taxi me xingar por que eu queria ir para Burnaby ( pois era muito longe.. anta.. sera que ele achou que eu num ia pagar??) vi um canadense grudar em mim e ficar indignado ao perceber que eu nao queria nada com ele so porque ele tinha olho azul e ganhava 17 dolares por hora e se achava o ultimo biscoito do pacote, e achar que so porque eu era brasileira seria mais facil. (HA HA HA pra ele.) Entrei pra uma sala enorme, cheia de gente que nao falava porra nenhuma de ingles, uma professora que errava mais que os alunos, uma escola que a biblioteca nao fica aberta e que o curso nao tem acompanhamento nenhum.. nada de livros, um monte de papel solto, uma maravilha... Depois entrei para o curso do TOEFL que foi bom, entao respirei e pensei - agora vai!( e foi ate duas semanas atras. ) Depois mudei para o curso que de fato vim fazer aqui nessa terra, o Cambridge e com uma semana na sala, gostando, nao amando que fique claro, mas enfim, me adaptando, percebo que minha agencia fez merda, e aqui estou, quebrando a cabeca para saber o que fazer da minha vida.
Esses dois meses foram bons. Conheci New York e foi o maximo. Era o que eu queria. O que eu sempre quis. Vim para ca, to melhorando no ingles, estou me redescobrindo depois de quatro anos de muita porrada, estou vivendo um dia por vez, descobrindo cada parte da Alline nova, chorando, de saudade, de alegria, rindo, a toa ,de nervoso, de medo, sentindo frio, na barriga, no corpo, no coracao, rezando, em ingles, em portugues, em silencio. Amando. Amando o que tenho, o que sou, o que quero ser.
Tenho pensado muito, em muitas coisas, como eu penso nesse lugar...
Lembro muito da minha mae por aqui. Saudades de seus conselhos, de sua companhia, vontade de ligar para contar o que cada dia descubro de diferente... de ligar pra contar que aqui como o mesmo pao que comiamos quando moramos nos EUA, contando que eu conheci a big apple, que eu nao sou mais uma menina, que eu nao sou, nem mais de longe uma menina... aquela menina que existia quando ela partiu...
Meu pai?? Agora esta melhor, depois de um susto enorme, depois de ver meu chao quase se partir novamente, ele esta bem... saudades dele...muitas saudades dele!! Lindo, minha vida...
Vontade de voltar? De verdade??
- Nao! Eu nao vou desistir, nao tao facil, nao tao rapido, nao assim...
trilha sonora desses dias... desses dois meses:
I am unwritten, can't read my mind, I'm undefined
I'm just beginning, the pen's in my hand, ending unplanned
Staring at the blank page before you
Open up the dirty window
Let the sun illuminate the words that you could not find
Reaching for something in the distance
So close you can almost taste it
Release your inhibitions
Feel the rain on your skin
No one else can feel it for you
Only you can let it in
No one else, no one else
Can speak the words on your lips
Drench yourself in words unspoken
Live your life with eyes wide open
Today is where your book begins
The rest is still unwritten
I break tradition, sometimes my tries, are outside the lines
We've been conditioned to not make mistakes, but I can't live that way
Staring at the blank page before you
Open up the dirty window
Let the sun illuminate the words that you could not find
Reaching for something in the distance
So close you can almost taste it
Release your inhibitions
Feel the rain on your skin
No one else can feel it for you
Only you can let it inNo one else, no one else
Can speak the words on your lips
Drench yourself in words unspoken
Live your life with eyes wide open
Today is where your book begins
Natasha Bedingfield- Unwritten

4 comments:

Erica said...

cabeça...
a sensação d ñ poder t dar 'colo' agora é angustiante...mas o orgulho d t ver lutando pra tornar as coisas melhores mtas vezes compensa tb. tô mto mto orgulhosa d vc, do q tem construído e por estar sendo tão 'serena' (tá tentando, né li...rs...) em meio a uma baita tempestade, por td q hj consigo ver - mais ainda - q vc amadureceu desde q t conheci.
isso me faz lembrar pq eu t amo tanto!

e agora (após a sessão das lágrimas...rs...) o comentário master:
pobres canadenses! hehehehe agora q vc já sabe brigar em inglês...tsc tsc tsc...eles estão perdidos!!

qqer coisa q vc precisar em relação a escola já sabe, né? as maridas estão aki pra isso...hehehehe

bjão! fica com Deus!

Taty said...

sinto saudades, de vc, das conversas, dos telefones, dos scraaps malucos, dos emails, de tudo!

Mas percebo que vc está mega bem!

E lindo ver a tua luta e teu crescimento!

Um beijo enorme!

Giovana Genaro said...

Que linda! Como meu coração se alegra de ver um coração como o teu, guerreiro, q sobre na "pedra mais alta" e se arrisca, ainda q sinta medo... que não conhece e não quer conhecer a palavra "desistência"!!! Que Deus te abençoe a cada dia mais! Srmpre em PLENITUDE!
Bjos, querida!

Rita Durden said...

Alline cabeçaaaa!
vc está escrevendo cada vez mais igual ao Thiago...kkkkk
praticamente dois escritores!
Muito bom o seu estilo!
Tô orgulhosa ! rsrs

bjocaaaa
te amo