Tuesday, December 19, 2006

Xmas Time

Essa semana foi uma loucura! Corre pra lá, faz teste de cá, graduação, festa de Natal da empresa do Neil, presente de natal, cartão postal ,aniversário de amigos e de tias, duas semanas pra Vegas, nossa não sei como sobrevivi. Foi sensacionalmente successful, foi inacreditavelmente perfeito, mesmo tendo usado palavras de baixo calão. Corri de um lado para o outro, chorei, ri, emoções com certeza vivi. Segunda -Mal-humor, tpm, véspera de prova. Uma inhaca perfeita. Filme com o Neil, primeira provação do namoro. Eu de TPM e ele fofo, lindo...tentando a todo custo me animar, me acalmar, me agradar... Terça - FCE test. 4 horas e 40 minutos de teste. Depois disso uma cerveja pra comemorar, e distrair. A tpm tava foda, mas aguentei firme. Fui boazinha com o Neil, não dei patada no Richard e não fiz besteira devorando mil chocolates. Agi como uma boa menina!! GOOOODDD GIRL!!! Quarta - CAE test - Caracoles!! foi fodástico. Achei que não ia sair de lá viva. Demorei horrores pra entender o que escrever nas redações, e no fim escolhi o tema errado. Com certeza terei uma questão anulada e se sair com um C desse teste será definitivamente uma vitória. Quinta - Acordar na hora que dá na telha não é coisa fácil quando se está condicionada a acordar no mesmo horário. Acordei sozinha achando que era hora de ir pra aula. Foi estranho. Não fiz nada o dia todo, e a noite fui para Roxy. Dancei como uma louca, me diverti com o Richard e a Gabi, rimos, comemos pizza, tomamos uns shots de graça. Uma delícia. Sexta - UAU! que dia enorme, gigante, frustante, uma BOSTA. Sério, mais um dia como esse e eu peço arrego, e eu vou embora. Acordei com uma dor de cabeça daquelas, a cidade tava parada. Com a ventania da noite anterior a cidade estava um caos. O Skytrain( metro) parou, os ônibus estavam com uma a duas horas de atraso, parecia São Paulo, me deu arrepios só de lembrar. Com isso cheguei uma hora atrasada para o almoço com o pessoal da escola. Chegando lá o Zé tinha trocado as ferraduras e estava uma pilha de nervos. O Richard tava com dois chupões horripilantes no pescoço e uma cara de arrependimento absurda. Fomos para o restaurante. No fim do mundo. Sem ônibus, estavamos a pé naquela ventania, eu tava no pior dos dias da TPM, tava pra matar um. Logicamente sobrou para o pobre do Richard. Comemos. A comida não era das melhores, noodles, come on, todo mundo sabe fazer noodles!!! Na hora da conta. A bomba. A mulher cobrou tudo errado. Aquele bando de mexicanos, começaram a falar espanhol, reclamar, mas ninguém fazia nada. Lá vai a tonta da Alline, ei vem cá, me da essa bill, eu resolvo. 40 minutos de discussão. Mais de 30 dolares a menos na conta. tudo resolvido, Alline fervilhando. Beijo da li, beijo de cá. A gente se encontra as 7 na Waterfront Station, para a festa do Alvaro ok?! Ei não está ok. Agora são 5 da tarde, como eu faço?! Eu não moro - logo alí.... !!!Lá vai eu pra casa da Gabi, convenço ela a ir comigo, para a tal da festinha mexicana. Chegamos as 7, pontualmente só pra honrar as brasileiras. Nada dos mexicanos. Richard chega. Miki chega. E os mexicanos? f... mexicans.. where are uuu??? Bom eles chegaram. Lá vamos nós para North Vancouver. Onde Judas perdeu as cuecas, não mais que isso... onde ele se perdeu, As cuecas foram antes, acredite. Merda de lugar, frio da porra, caracoles de ônibus lotado, fu.. place!!Eu já tava puta da vida, tava querendo socar vinte mil, já tinha soltado todo o meu repertório de palavões em inglês, alemão e português. Até que chegamos. Adivinha? Logicamente o idioma oficial era - ESPANHOL. Nada contra, by the way amo meus amigos mexicanos. Mas uau!! eu tava fula da vida! 5 minutos na "festinha" resolvi ir embora. Ia ser muito mais proveitoso ver meu namorado. Ele poderia salvar meu dia. Até eu perceber que meu cel estava sem créditos. ( aqui se vc não tem crédito vc nao recebe ligação. Não há celulares espiritas,unfortunately.) Voltei correndo(literalmente) pra Downtown na chance de pegá-lo antes de ir pra casa. Inutilmente. Ele já tinha ido embora do Hotel. Frustrada, cansada, com frio, fome e sono voltei pra casa. Merda de dia, merda de noite, merda de TPM. Sábado - Agordei cedo, bem cedo, fui para o aeroporto dizer tchau para José. Foi foda. Ele foi embora, mandou eu tomar cuidado e mandou eu não chorar. Fui uma boa menina e o obedeci. Fui para downtown, fiz algumas compras de Natal, voltei pra casa, me arrumei, e fiquei pronta para o namorado. A noite foi ótima, com direito a filme de Natal, música de NAtal, presente de Natal. Nunca vi ser-humano tão apaixonado por Xmas qto o Neil. Lindo!!! Domingo - Mais um que vai embora. Acordei, fui ao Red Robin dizer parabéns e tchau para o Alvaro. Deixei o Neil e sua irmã na Robson comprando presentes, fui correndo( mais uma vez literalmente) para o Aeroporto, quase perdi a Gaby suiça, desesperei, e a achei nos 5 min do último tempo. Despedida foda, mas me segurei, nada de lágrimas, olha que boa garota. Voltei, fui pra casa do Neil, jantar de Natal, com a irmã dele e sua roomate. Bella pasta, bello sorvete, bellos presentes. Bella irmã. Bella roomate. Segunda - AI!! Dessa vez doeu. Acordei cedo , me preparei física e emocionalmente pra dar o tchau mais triste de todos. Hoje foi a vez do Richard. Como dar tchau para meu companheiro, meu inseparável, meu suiço do coração, meu pet peeve, meu vocabooooolary boy?! Chegamos lá, seu voo foi adiado. Mais duas horas de espera. Almoçamos, rimos, trocamos promessas de nos encontrar as soon as possible, e era a hora de ir embora. Com ele não teve jeito. As lágrimas foram mais rápidas do que qualquer tentativa de ser forte. Apenas me perdi em seu abraço e chorei como uma menininha, que se despede de seu amigo invisível. Ele fofo disse - Hei Shatzeli, don't cry. U know, we are gonna see each other soon, I know that. You are going to Switzerland, with ur amazing girlfriend.. and if u don't go I go to Brazil, I come here, I will find u!! We will be close.Always. Always. Believe me, ok? Take care, Don't wear white socks, and do not use that f... green pants. It's awful. Love u my little girl. Tks for everything. ( Hei, querida, não chore. Sabe, a gente vai se ver de novo, logo. Eu sei disso. Você vai pra Suiça, com sua amiga maravilhosa, e se vc não for, eu vou para o Brasil, eu venho pra cá, eu acho vc!! A gente vai estar perto, sempre sempre. Acredita nisso ok?! Se cuida, não use meias brancas, e não use aquela calça verde. Elas são terríveis. Amo vc garota. Obrigada por tudo.) Com isso sai do aeroporto. Voltei pra casa. Fiquei pronta pra festa do trabalho do Neil em meia hora, coisa de profissional. Sai correndo, cheguei apenas 10 min atrasada. Bom, pra ele foram eternos 10 minutos, pra mim apenas 10 minutinhos. Chegamos na festa. UAU! Festa de filme. A casa toda decorada de Natal, aquele povo vestindo sweaters de rena, árvore de natal e bonecos de neve, mil opções de comida, bebida e entretenimento. Na sala principal três cantoras dividiam o pequeno palco com uma criança de 10 anos que tocava violino divinamente. Na cozinha, a mulherada papeava sobre os quitutes que cada uma trouxe e se esbaldavam com o fundue de chocolate que eu também estava a beliscar. Na parte de cima, tinha os mais velhos sentados apreciando a cantoria, ou apenas sentados, já que era o único lugar com cadeiras. Tinha um quarto de pinturas que a dona da casa pinta nas horas vagas, tinha o quarto dos casacos, bolsas e sapatos. Foi engraçado, não tirei meu sapato. Não era um Manollo, mas se alguém levasse eles por engano o bicho ia pegar.(Lembrei do seriado de Sex in the City que Carrie fica possuída qdo levam o Manollo dela e ela tem que arruinar seu modelito indo pra casa de All Star.)Na parte de baixo da casa ficava o pessoal do mesmo setor que o Neil. Tinha cerveja, karaoke, e muito amendoim. A festa tinha vinho de primeira e acabei me esbaldando. Ganhei alguns gifts no sorteio que teve. A festa terminou com Xmas songs e um convite para esquiar das amigas do Neil. Saimos de lá felizes e contentes e eu mais uma vez me sentindo num filme. :-)

2 comments:

Rachel said...

Porra meu!
Fiko espantada como vc escreve tanto assim....mas tenho que confessar que adoro ne!
Beijosssssssssssssss
Fik com Deus e Nossa Senhora!

Rachel said...

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh
Esqueciiiiiiiiiiiiiiiiiii
Te amo!